sábado, 23 de junho de 2012

Possível vampiro foi encontrado numa tumba


Que coincidência, hoje eu assisti o 2ªep da quinta temporada de True-Blood e entro aqui na net e me deparo com essa notícia "Descoberta de tumbas medievais reabre discussão sobre vampiros".



Sim, isso mesmo, de acordo com o jornal EL Mundo, um grupo de arqueólogos búlgaros encontrou uma tumba medieval onde o ocupante parece ter recebido um “tratamento especial” antes de ser despachado para o além.
Segundo a publicação, ao abrir a sepultura, os pesquisadores observaram que o cadáver apresentava as pernas e os braços amarrados, presumivelmente para evitar que retornasse do mundo dos mortos. Esta não é a primeira tumba que apresenta sinais deste tipo, evidenciando o medo de vampiros.
Os arqueólogos búlgaros já encontraram centenas de tumbas parecidas, todas curiosamente pertencentes a homens, sendo a maioria de aristocratas ou clérigos. E, além de braços e pernas amarrados, vários dos ocupantes também contavam com estacas cravadas no tórax e abdome, e até bolsinhas com moedas de prata para garantir que a viagem ao além seria só de ida!

Todas essas medidas, conforme explicaram os pesquisadores, serviam para assegurar que o morto — certamente uma pessoa muito malvada em vida — não se transformaria em um vampiro e retornaria para continuar atormentando a população.
O fascínio sobre a existência ou não dos vampiros ronda a humanidade há vários séculos e, depois de filmes, lendas e livros, a descoberta das tumbas na Bulgária reabre a discussão sobre a existência ou não desses seres. O último “vampiro” encontrado ficará em exposição no Museu Nacional de História em Sófia, a capital do país.


Fonte: Tecmundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário!!!
Volte sempre!